Mulheres da comunicação e das relações públicas

Em geral, eu tenho muito medo de fazer lista, porque a gente nunca conhece todo mundo do mercado e sempre ficam bons nomes de fora. Mas neste oito de março decidi fazer uma lista de mulheres da comunicação e das relações públicas que eu tenho admirado no atual contexto. Seja por seus projetos, posicionamentos, liderança, trajetória, etc.

No que se refere à ações de comunicação, sempre vemos uma série de barbáries, geralmente por falta de conhecimento do que representa a própria data e ao que é ser mulher na sociedade. O oito de março não é uma data para comemorar ou dar flores. É uma data para pensarmos, questionarmos e provocarmos sobre onde estamos enquanto seres subjugados na sociedade, aqui sobretudo no mercado de trabalho e na academia. Temos que refletir sobre onde podemos (e devemos) chegar e como fazer tudo acontecer.

Nesta lista terão professoras, estudantes, empreendedoras, pensadoras e outras tantas mulheres que fazem coisas incríveis no que cada uma se propõe durante todo o ano e que, sem dúvida, somam na construção de um contexto mais próximo do ideal.  😉  Continue lendo

Related Post